sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

retomadas buscas



Sempre que chovia, e só quando chovia, saía pelas ruas procurando a família.


_________________________________________
* Publicado originalmente nos Minimínimos

4 comentários:

  1. Dá pra ver o tanto que a terra da garoa "impressiona" seus versos...

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Me parece mais uma busca em busca de si mesmo...ou em busca de perder-se também...bj!

    ResponderExcluir
  3. Sobrou
    a minha sina
    Debaixo
    de chuva fina.

    de placa!

    ResponderExcluir
  4. passando para atualizar... e melhorar (?) o humor...rsrs... gostoso rir pra vc!

    ResponderExcluir