quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

( . . . )

.
silêncio eloqüente -
as palavras
passam rente
.

8 comentários:

  1. tão rente que a gente quase nem sente
    (continua participando dos encontros dos rascunhos?)

    ResponderExcluir
  2. J.R. Lima,

    adorei a proposta “descompromissada” de sua poesia. Encantada!

    Aprecio demais poemas “miúdos”. Os seus dizem MUITO!
    Estarei sempre por aqui!

    Abraços e Feliz Natal,

    Hercília F.

    ResponderExcluir